Pat Motta

 

Nem elétrica, nem mecânica. Manual. Essa sim, uma das palavras que definem a personalidade de Pat Motta, que sempre teve a enorme necessidade de se expressar com as mãos. Transformou a garagem de sua casa num atelier onde suas ideias se materializam em acessórios para tornar a vida das pessoas mais alegre, mais bonita, mais prática, mais autêntica, mais única.

Pat cria acessórios que são aliados, valorizam as mulheres e levantam suas roupas. Nas suas últimas criações, abriu seu baú de coisas guardadas com carinho: tecidos, palha, couros, aviamentos… Deixou a criatividade fluir e foi misturando tudo. Surgiram, então,  algumas peças únicas, todas feitas a mão, com todo capricho, onde presta uma homenagem a sua mãe, que já partiu, e que lhe ensinou a costurar e a desenvolver o gosto de trabalhar com as mãos.