A história de trabalho e paixão da Olive Cerâmica 

Sofia largou a publicidade para se encontrar no fazer manual (Fotos: Gleice Bueno)

Sofia largou a publicidade para se encontrar no fazer manual (Fotos: Gleice Bueno)

 

A sensação de estar deslocada fez Sofia Oliveira construir um espaço em que se encaixasse. Ela é a criadora e a artesã por trás da marca Olive Cerâmica, que faz vasos e utilitários do material. Formada em propaganda em marketing, trabalhou na área por tempo suficiente para entender que não encontraria ali a realização que buscava. “Saí da agência em que trabalhava desiludida e tentando achar outro interesse que pudesse me inspirar”, conta.

MM04gleicebueno-1291.jpg

Ela decidiu sustentar a carreira por mais um tempo em outra empresa e, enquanto isso, aprender um fazer manual. Escolheu a jardinagem, mas não foi ali que ela se encontrou. De qualquer forma, o contato com a terra e com as plantas serviu de ponte para a cerâmica, já que cada semente cultivada precisava de um vaso. Pronto. Era isso. “Descobri a cerâmica meio sem querer, me apaixonei e uns 8 meses depois de ter começado resolvi investir nisso de verdade e criar a minha empresa.”

Escolheu parte de seu sobrenome, Olive, para batizar o projeto e se jogou na ideia com a segurança de quem encontrou uma paixão, mas com uma montanha de incertezas. “É uma delícia ter as rédeas da sua empresa e poder tomar todas as decisões. Mas isso tudo também pode ser extremamente assustador: é super difícil ser responsável por 100% do trabalho no início, passando por comunicação, estoque, financeiro, produção, vendas e tudo mais.”, diz. Sofia conta que, aos poucos, o projeto ganha maturidade, clientes e as burocracias do começo entram na rotina, deixam de ser tão ameaçadoras.

Por outro lado, sempre surgem novos obstáculos, diz, garantindo que aprende com o tempo a contornar cada um deles. Hoje ela já consegue concentrar toda a sua energia produtiva na Olive Cerâmica e dispensar trabalhos como free lancer na publicidade. Até agora, conta, o saldo é positivo:

MM04gleicebueno-1296.jpg

“APESAR DOR DESAFIOS, A TRANQUILIDADE DE CONSTRUIR ALGO EM QUE ACREDITO É ENERGIZANTE"

MM04gleicebueno-0694.jpg

Assim, Sofia se empodera como empreendedora e fortalece o negócio ao mesmo tempo em que segue com seu trabalho minucioso e manual, construindo cada peça da marca. Para ela, trabalhar com cerâmica também é praticar certo desapego, se acostumar a errar muito e ver peças falharem antes de acertar o tom. A inspiração vem de viagens, lugares e formas que encontra no cotidiano. O foco é criar objetos de cerâmica que tenham funcionalidade como aspecto principal, mas que carreguem a identidade visual da marca e, com isso, sejam únicos.

Sofia conta que o caminho não é simples, mas é recompensador e, no caso dela, trouxe amadurecimento. “Comecei a ver a vida em torno da minha empresa e isso é positivo. Consegui construir um paralelo entre a minha vida pessoal e profissional de forma mais harmoniosa.” Quando a situação aperta e a incerteza passa para uma visita, ela diz que se apega no mais importante: no retorno que recebe dos clientes. “É o empurrão que me dá ânimo quando bate o cansaço e a preocupação”, conclui.

MM04gleicebueno-0432.jpg