Voltar para Todos os Eventos

Grafismos do Alto Xingu, com Watatakalu Yawalapiti

O grafismo dos povos indígenas ultrapassa o desejo da beleza, trata-se de um código de comunicação complexo, que exprime a concepção que um grupo indígena tem sobre um indivíduo e suas relações com os outros índios, com os espíritos, com o meio onde vive...Quando o índio pinta seu próprio corpo, ele demarca seu lugar dentro de seu mundo. E o faz com rara beleza. O antropólogo Darcy Ribeiro escreveu que o corpo humano é "a tela onde os índios mais pintam e aquela que pintam com mais primor". Venha aprender um pouco dos grafismos primorosos do Alto Xingu, uma oportunidade rara de uma aula com Watatakalu Yawalapiti linderança feminina no Xingu.

20 Vagas

Oficina gratuita, inscreva-se aqui

oficina pallushayu.jpg
Evento Posterior: 15 de dezembro
Código Ternário