João Parahyba

João-Parahyba 2.jpg
 

João Parahyba começou a carreira em 1968 no bar Jogral, onde conheceu e acompanhou artistas como Paulo Vanzolini, Cartola e Clementina de Jesus. Ali mesmo nasceu o Trio Mocotó com o qual acompanhou Jorge Ben Jor, Toquinho e Vinícius. Construiu extensa trajetória em projetos como Prisma/Ponte das Estrelas de César Camargo Mariano e tocando com Ivan Lins, Sivuca, Heraldo do Monte, Dori Caymmi e Michel Legrand, Dizzy Gilespie, e Al di Meola. Inventou uma mistura de bateria e percussão com sua timba, sendo um dos precursores do que hoje se convencionou chamar de “percuteria”. Foi parceiro do falecido Suba (Mitar Subotic), com quem desenvolveu trabalhos como reprocessamento de timbres acústicos e o uso de loops e samples. Criações presentes em discos como Kyzumba e instrumental no CCBB e principalmente São Paulo Confessions, de Suba, e tanto tempo de Bebel Gilberto.

Thiago Espírito Santo: Representante da segunda geração musical Espírito Santo, Thiago é contrabaixista. “Alma de Músico | Musician’s Soul” (2014) e “The Jazz Tradition” (2011) são seus mais recentes álbuns, em meio a uma produção efusiva ao longo de 24 anos de carreira. O músico é reconhecido como um dos mais versáteis e originais contrabaixistas em atividade no mundo. Além da carreira solo e formações em banda, Thiago Espírito Santo exerce atuação intensa em cada um dos pilares musicais, com shows, produções, palestras e oficinas. Como produtor, foi indicado ao Grammy Latino em 2012 pelo álbum “Forró Chorado”, de Oswaldinho do Acordeon.

Marcos Romera, iniciou seus estudos aos 6 anos na tocando violino. O pianista, compositor, arranjador e produtor musical atua hoje nas mais diversas áreas da música brasileira. Foi semifinalista do Prêmio VISA Eldorado de Música Instrumental, arranjador e arregimentador do Prêmio VISA Eldorado. Escreveu arranjos para a Orquestra Jazz Sinfônica, apresentou-se na NAMM, Feira Internacional de Música e Tecnologia (Los Angeles) e no Montreux Jazz Festival (Suíça). Como músico convidado, tocou com Maria Rita, Derico Sciotti e Carlos Roberto"Tomatti", Billy Cobham, Vera Figueiredo. Lançou o álbum 'DaGaroa'.

 
Projetos autoraisDani Scartezini