Georgia Halal

IMG_7597.jpg

Em 2008 não se falava sobre empoderamento feminino. O protagonismo das mulheres caminhava a passos lentos no Brasil, mesmo quando se falava sobre ser “girl power” nas revistas, nas músicas e na forma de se vestir. Hoje, 10 anos depois, nunca se falou tanto sobre o auto poder delas. Elas são lideranças absolutas em vários segmentos no país.


Durante esses 10 anos, a estilista Georgia Halal cresceu junto com a vontade das mulheres de conquistarem seus devidos espaços - e conquistando o seu próprio, o charmoso atelier com seu nome, localizado em Pinheiros, Zona Oeste de São Paulo. E foi além: transformou seu lugar de loja em um universo onde o feminismo e a união feminina permeiam em cada canto.


O Atelier não é só ela. Além de suas criações, o espaço também tem produtos de marcas criadas por outras mulheres - e esse estímulo à preservação da auto estima e empoderamento de micro e pequenas empresárias lhe rendeu o projeto Mulher Transforma, um programa de mentoria e aceleração com duração de 3 meses para mulheres que buscam a transformação de seus negócios.


Nesses 10 anos de existência, o Atelier conseguiu sustentar a sua proposta de transcender o lugar de loja e tornar-se um coletivo, um espaço de debates, exposições, workshops e cursos. O principal deles é o Sew Sisters, um clube de costura que cria laços com mulheres que querem aprender a costurar e a produzir suas próprias roupas de forma independente - a estilista acredita que o estímulo ao consumo consciente de roupas se estabelece quando as pessoas conhecem todo o processo de produção de uma peça. Por essa razão, ela disponibiliza todo o arquivo de modelagens de suas peças em seus cursos.

 
IMG_7738.jpg
ModaDani Scartezini